Abertura da Expointer marca mais um recorde de público e de negócios

0
437

A abertura oficial da 46ª Expointer, nesta sexta-feira (1/9), foi marcada por um novo recorde de público, com quase 500 mil pessoas até o sétimo dia do evento, e de negócios realizados nos diversos estandes, além de surpresas com a participação especial de alguns dos animais campeões. A solenidade também contou com apresentação da Orquestra Filarmônica Laje de Pedra e o tradicional Desfile dos Campeões da feira.

Para realizar esta edição, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi), destinou R$ 9,6 milhões para manutenção hidráulica, elétrica, serviços de limpeza e segurança, entre outros itens essenciais. Os recursos são provenientes do Fundo do Parque Assis Brasil e do Tesouro do Estado. Além disso, mais de R$ 2 milhões foram investidos para trazer melhorias na infraestrutura do parque, incluindo itens de acessibilidade e reformas de pavilhões.

Até o final do sexto dia do evento, o placar da Expointer já anunciava a marca de 494.698 visitantes, tendo o primeiro final de semana recebido 154,2 mil pessoas, ambos considerados recordes pela organização da feira. A expectativa é de que passem pela 46ª edição do evento mais de 700 mil pessoas.

No Pavilhão da Agricultura Familiar, os números também expressam o grande sucesso crescente que o evento alcança a cada ano. Em 2023, nos primeiros cinco dias de Expointer, os 373 expositores já contabilizaram R$ 4,1 milhões em vendas, um aumento de 13,62% em relação ao último ano.

O desfile dos animais campeões desta edição presenteou os espectadores com surpresas e momentos divertidos. Além de alguns bovinos que não acordaram com disposição para os holofotes e decidiram, na metade do caminho, acrescentar mais emoção na vida de seus proprietários, repuxando os freios, a ovelha 786, da raça crioula, da Cabanha Dom Levino, de Bagé, também foi protagonista de um momento icônico da Expointer 2023. O animal, em um momento de total descontração, começou a brincar com o robô Cusco Tech, que também entrou na pista de desfile, despertando risadas da plateia. A ovelha ainda tentou uma aproximação maior com Cusco, dando uma lambida em seu focinho, mas a bateria social do cão robô já estava no fim e ele decidiu terminar ali a interação. O robô pertence à empresa Futuremedia e é uma das estrelas do RS Innovation, espaço da Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia (Sict).

Na tradicional apresentação das bandeiras, os cavalarianos, montados nos cavalos vencedores do Freio de Ouro 2023, apresentaram os seis estandartes que representam os países e entidades que se unem em torno da Expointer. A entrada foi narrada pelo diretor administrativo do Parque de Exposições Assis Brasil, Eder Azeredo.

Ainda na programação de apresentações, a Orquestra Filarmônica Laje de Pedra apresentou, em formato camerata, diversos sucessos do cancioneiro gaúcho, com participação especial do solista Renato Borghetti. O repertório foi acompanhado pelo Centro de Tradição Gaúcha Independência Gaúcha, de Esteio.

Texto: Thales Moreira/Ascom Expointer
Edição: Anelize Sampaio/Ascom Expointer.

Ovelha interagiu com o Cusco Tech, da empresa Futuremedia – Foto: Fredy Vieira/SAS

Abertura oficial da Expointer foi marcada pelo Desfile dos Campeões Foto: Gustavo Mansur/Secom.