Advogado renúncia e Júri do caso Jeferson Martins foi transferido outra vez

0
1140

A Sessão do Tribunal do Júri marcada para quarta-feira, 24 de maio, para  julgar o homicídio de Jeferson Evangelho Martins e tentativa de homicídio contra Junio Martins, foi transferida pela segunda vez.

Conforme informações da Assessoria da Magistrada da 1ª Vara do Fórum de São Sepé,  a Sessão Plenária do Juri fica transferida para o dia 26/07/2023, às 8h.

A decisão da Juíza Lidiane Machado de Oliveira se deve ao fato de que o   procurador do réu Humberto; o advogado Jean Severo,  renunciou.

Próximos passos: deverá o réu Humberto constituir novo procurador.

O Fato:

Conforme denúncia do Ministério Público, Humberto de Alencar Costa Escaio matou Jeferson Evangelho Martins, no dia 10 de setembro de 2020 por volta das 19h, na Fazenda São João, localizada na Cerca de Pedra, interior de Vila Nova do Sul.

Escaio  teria tido a participação de Mathieus Carvalho de Melo, que na noite do fato, dirigia uma caminhonete. Os dois vão a julgamento, agora remarcado para 26 de julho.