Brasil vence Guiné em jogo marcado campanha antirracista

0
192

Com racismo não tem jogo. Foi com essa mensagem que o Brasil venceu Guiné por 4 a 1 neste sábado, no RCDE Stadium, em Barcelona, na Espanha. Pela primeira vez em 109 anos de história, a Seleção Brasileira jogou uma partida com um uniforme todo preto. A ação faz parte da campanha da CBF, com o apoio da FIFA, pelo fim do racismo no futebol e na sociedade.

Os gols da partida foram de Joelinton, Rodrygo, Eder Militão e Vinicius Jr pelo Brasil. Para Guiné, Guirassy marcou. A emblemática camisa 10 da Seleção Brasileira foi usada por Vinicius Junior. Jamais o atacante havia vestido o tradicional número eternizado pelo Rei Pelé.

COM RACISMO NÃO TEM JOGO

Antes de a partida começar, os jogadores sentaram e se ajoelharam no gramado do estádio do Espanyol e respeitaram um minuto de silêncio junto com a torcida local em outra alusão ao racismo. Durante a semana, o presidente da FIFA, Gianni Infantino, visitou a delegação brasileira e declarou apoio à campanha “Com racismo não tem jogo”.

Com a camisa preta, o Brasil atuou por 45 minutos. No segundo tempo, a amarelinha voltou a ser usada pelos jogadores, com a marca da campanha “com racismo não tem jogo” no centro dos uniformes brasileiros.

Fonte: CBF. Fotos- Créditos: Joilson Marconne/CBF.