Carga milionária de cocaína é apreendida pela PRF e Brigada Militar em Santa Maria

0
984

Dois homens que viajavam da Bolívia para o Uruguai foram presos, o carro que utilizavam, roubado no Uruguai, tinham placas de outro veículo.

Na manhã dessa terça-feira (25), a Polícia Rodoviária Federal em conjunto com a Brigada Militar efetuou a prisão de 2 homens que transportavam 60kg de pasta base de cocaína escondidos em compartimentos falsos no interior de um automóvel. Eles viajavam em um carro com placas clonadas com registro de roubo no Uruguai.

Após receber denúncia de que um carro estava efetuando ultrapassagens arriscadas, a PRF decidiu abordar o referido veículo com a intenção de averiguar a conduta de condução veicular. Contudo, ao examinar os elementos identificadores do carro, um Onix com placas aparentes uruguaias, os policiais descobriram se tratar de um veículo com placas clonadas e, após contato com autoridades do Uruguai, descobriu-se que o veículo havia sido roubado naquele país.

Diante disso, os policias procederam à busca por ilícitos no veículo e, com a ajuda dos cães farejadores, encontraram cerca de 60kg de pasta base de cocaína em diversos compartimentos secretos no interior do automóvel. Os homens, um brasileiro de 30 anos e um uruguaio de 41 anos, que possuía passagem por tráfico no Uruguai, vinham da Bolívia e tinham como destino o Uruguai. Eles disseram aos policiais terem recebido um valor para transportar a droga até o país vizinho.

O valor total da carga gira em torno de 7 milhões de reais, já que o quilo da pasta base de cocaína chega a ser comercializado no mercado por R$ 120 mil.

Os homens foram presos em flagrante e encaminhados à polícia judiciária, onde vão responder, em princípio, por tráfico internacional de drogas. As penas para esse delito variam de 5 a 15 anos de reclusão.