Cavalo é resgatado em Canoas

0
76

O cavalo que ficou ilhado em um telhado na cidade de Canoas, no Rio Grande do Sul, foi resgatado na manhã desta quinta-feira (9).

Inicialmente tratado como um cavalo, o animal ganhou o apelido de Caramelo e causou comoção nas redes sociais.

Após ser resgatado, bombeiros informaram que se tratava, na verdade, de uma égua. No entanto, veterinários que atenderam o animal disseram em seguida que o equino é, de fato, um cavalo.

O resgate foi feito pelo Corpo de Bombeiros de São Paulo — veterinários acompanharam toda a ação. Para ser retirado do local, o equino foi sedado e colocado em um bote.

O veterinário da Polícia Militar Augusto Moscardini explicou, em entrevista a Globonews, que os veterinários que participaram da operação em Canoas tiveram que avaliar:

o estado físico e o temperamento do animal;

o tempo em que ele se encontrava preso;

e o peso do cavalo.

De acordo com o veterinário, Caramelo tem entre 450 e 500 quilos.

“Certamente uma operação bastante complexa”, afirmou Moscardini. “Mesmo que seja um animal manso, na hora de aplicar a anestesia e chegar mais pessoas ele poderia ter tido algum tipo de reação brusca que colocasse a integridade das pessoas que estão ali. Mesmo na hora de sedar esse animal tem uma movimentação pequena, e a gente observou que o espaço que estava lá era restrito.”

Animal ainda corre riscos

O animal ficou pelo menos 24 horas ilhado e, de acordo com Augusto Moscardini, ainda corre riscos. Enquanto transportam o cavalo, os veterinários seguiram aplicando a medicação para que ele permanecesse imóvel.

O cavalo também deve receber litros de soro para repor a quantidade de líquido que perdeu nas 24 horas que ficou ilhado.

Fonte- G1/RS.

Fotos Reprodução.