Corsan restabelece o abastecimento em 383 mil imóveis de 23 cidades do RS

0
213

A situação mais crítica aconteceu em 4 de maio, quando a Região Metropolitana foi atingida pelas cheias

ATUALIZAÇÃO – 17h30
De acordo com o Centro de Operação Integrada da Companhia, mais 20 mil famílias voltaram a ser abastecidas pela Companhia, em relação ao boletim emitido esta manhã. Essa diferença acontece pela retomada do abastecimento em Santa Cruz do Sul, na região Central, e pelo retorno gradual da água aos imóveis do centro de Canoas, na Região Metropolitana.

Neste último levantamento, são 523 mil imóveis desabastecidos, em 39 municípios. No pico da crise, em 4 de maio último, 906 mil economias de 64 municípios estavam sem água. A interrupção no fornecimento se dá pelo alagamento das estruturas; falta de energia elétrica, rompimento de adutoras e danos aos equipamentos. Todas as interrupções relacionadas às fortes chuvas que assolam o RS.
A redução no número de famílias sem água tratada acontece pela mobilização de força-tarefa e execução de uma série de medidas – emergenciais e logísticas – que a empresa vem tomando desde o início do evento climático.
– Emergenciais:
• Utilização de geradores
• Mobilização de carros-pipa para atender abrigos e hospitais
• Conserto e reconstrução de Adutoras
• Equipe de mergulhadores para desobstrução e reparos nas captações
• Perfuração de poços nas regiões mais afetadas
• Instalação de reservatórios móveis disponibilizando água tratada para a população
• Instalação de estações flutuantes de captação
• Mobilização de estação de tratamento móvel

– Logística
• Destinação de 3 helicópteros e 1 aeronave para transportar equipamentos, técnicos e suprimentos necessários à retomada da operação à cidades isoladas pelas cheias;

Confira as condições de abastecimento nas regiões mais afetadas:
METROPOLITANA:
São 408 mil imóveis sem água, com desabastecimento total ou parcial em 7 municípios (Alvorada, Canoas, Cachoerinha, Esteio, Gravataí, Sapucaia do Sul e Viamão). Em função do mau-tempo e queda de energia, a Estação de Tratamento de Água que abastece Guaíba e Eldorado segue funcionando com o auxílio de gerador.

A Companhia concluiu há pouco a implantação de 200 metros de rede da estação de captação de Gravataí, junto ao Rio Gravataí, até a tubulação localizada na alça de acesso da avenida papa João XXIII. Com isso será possível abastecer 34 mil economias de Cachoeirinha e 25 mil economias de Gravataí.

Equipes também estão trabalhando em ação emergencial na estação de captação de Alvorada com obras de contenção do alagamento e drenagem do poço para recuperação da estrutura e retomada dos sistemas da Estação de Tratamento que atende Alvorada e Viamão, municípios que estão com 100% e 97% do abastecimento interrompido, respectivamente.

NORDESTE (Região de Bento Gonçalves)
Nesta região houve redução de 20 mil residências desabastecidas em relação à condição desta manhã. Agora são 53 mil imóveis sem água, com desabastecimento parcial em 17 cidades e total em Cruzeiro do Sul e Putinga. Para atender as localidades mais prejudicadas, a Companhia destacou 37 caminhões-pipa e 17 reservatórios implantados em pontos estratégicos dos municípios.

CENTRAL (Região de Santa Maria)
A novidade para esta região é que Santa Cruz do Sul teve o serviço restabelecido. Os reservatórios estão enchendo e a água está retornando, gradualmente, às torneiras. Em relação aos números desta manhã, 5 mil imóveis estão com o fornecimento de água tratada normalizado. Atualmente são 41 mil imóveis com desabastecimento total ou parcial em 12 cidades da região.

Em Agudo, Arroio do Tigre e Silveira Martins o sistema de abastecimento está mantido por gerador. São 20 caminhões-pipa e 3 reservatórios comunitários atendendo as localidades mais atingidas.

VALE DOS SINOS
Não houve mudança no número de residências desabastecidas nesta região. Pela dificuldade de acesso nas estruturas alagadas de General Câmara e Triunfo, 12 mil imóveis seguem desabastecidos. A população está sendo atendida por caminhões-pipa.

A Estação de Tratamento de Água de Nova Santa Rita está operando por gerador desde a madrugada desta quarta.