Homicídio de Jeferson Evangelho será julgado na próxima quarta-feira

0
1963

Sessão do Tribunal do Júri se reúne em São Sepé na quarta-feira, 26.

O Tribunal do Júri de São Sepé irá se reunir a partir das 8h pra julgar o homicídio de Jeferson Evangelho Martins e tentativa de homicídio contra Junio Martins.

Conforme denúncia do Ministério Público, o acusado é Humberto de Alencar Costa Escaio e teria tido a participação de Mathieus Carvalho de Melo, que na noite do fato, dirigia o veículo que foi até o local.

Humbeto Escaio também será julgado por delitos de porte de arma.

O crime ocorreu no dia 10 de setembro de 2020 por volta das 19h, na Fazenda São João, localizada na Cerca de Pedra, interior de Vila Nova do Sul. Jeferson foi morto com arma de fogo e seu pai, Junio Martins ficou gravemente ferido, tendo inclusive ter que amputar parte de uma das pernas.

A Sessão do Tribunal do Júri, que terá transmissão pela JGTV, será na Câmara de Vereadores de São Sepé e será presidida pela Dra. Lidiane Machado de Oliveira.

Na acusação pelo Ministério Público o Dr. FernandoMelloMüller. Assistente de Acusação, um dos mais renomados criminalistas do Estado, o sepeense, Dr. Daniel Figueira Tonetto.

Defensores do réu Humberto Escaio, os advogados, Ariel Garcia Leite, Ariel Santos Cardoso e Guilherme Michelotto Boes.

Já os Advogados, Dr. Rogério Motta e Dr. Paulo Giovane Trevisan, ambos com larga participação em Júris, vão atuar na defesa do réu Mathieus. Doze testemunhas foram arroladas para prestarem depoimento na Sessão do Tribunal do Júri da próxima quarta-feira.

Os réus foram pronunciados como incursos na(s) sanção(ões) dos arts.: 121, § 2º, II e IV, do Código Penal; 121, § 2º, II e IV, c/c art. 14, II, ambos do Código Penal; e art. 12 da Lei 10.826/03.