Mulheres recebem homenagens em Sessão Solene da Câmara de São Sepé 

0
100

A Câmara Municipal de São Sepé realizou na noite de quarta-feira, 8, a Sessão Solene em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. Cada comissão permanente da pôde indicar uma mulher para ser homenageada com certificado e flores. A solenidade fez parte da programação da Semana da Mulher, organizada pelo legislativo com ações desde o último domingo.

O presidente da Câmara, vereador Matheus Leão (PDT), destacou as homenagens em plenário. “Quero dizer que as histórias de vida contadas aqui são inspiração. Vivências diferentes uma das outras, mas um ponto em comum: a força e o destaque no que se propuseram a fazer em suas áreas de atuações”.

Primeira a ser chamada para receber a homenagem, a professora aposentada Lorena Beatriz Curto de David foi indicada pela mesa diretora da Câmara. Servidora por 30 anos da rede municipal de educação, Lorena teve atuação em mais de cinco escolas do município. Iniciou os trabalhos em 1981 lecionando na rede pública e em 1992 ingressou no município. De lá pra cá, ajudou a alfabetizar milhares de alunos, colecionando muitos “filhos de sala de aula”.

Depois foi a vez da professora de dança, Roberta Bevilaqua, indicada pela Comissão de Saúde e Assistência Social. Formada em Educação Física, Roberta tem intensa atuação na recuperação de pessoas com deficiência física e motoras. Atualmente ela ministra as aulas de danças gratuitas da Fundação Cultural que acontece semanalmente nos bairros do município.

A gestora da 2ª Vara Judicial do Fórum, Veronice Santini, natural de Constantina/RS e residente em São Sepé desde 2016, recebeu a homenagem por indicação da Comissão de Constituição e Justiça. Veronice destacou que as mulheres são a maioria nas comarcas do estado e que desempenham um trabalho árduo. Ela agradeceu a sua equipe de trabalho que cuida de mais de 7 mil processos no município, atendendo a grande demanda de trabalho.

Édila Borges (Tita) foi homenageada pela Comissão de Educação e Cultura. Atendente de creche há 28 anos, trabalha atualmente na EMEI Dona Zeferina, cuidando de crianças em turno integral. A atuação de Édila surpreende já que é uma das responsáveis por atender crianças enquanto outras mulheres podem trabalhar, já que as atendentes têm a carinhosa missão de cuidar de seus filhos. Vinda de uma família de servidores públicos, Édila destacou o apoio que recebe em casa e de suas colegas de trabalho.

A agricultura familiar também teve sua representatividade na sessão. A produtora rural, Clair Terezinha Loro Trevisol foi à indicada da Comissão de Agricultura e Pecuária. Moradora de São S

há 40 anos, Clair é a liderança feminina numa família que produz hortifrutigranjeiros que chegam a mesa dos sepeenses e as escolas do município. Emocionada, lembrou dos seus pais e avós que trabalhavam no campo e assim ela aprendeu os ensinamentos para seguir no ofício que considera difícil, mas especial.

Por fim, a diretora do Presídio Estadual de São Sepé, Naiara Ferreira Paim, foi à homenageada da Comissão de Segurança Pública.

Há um ano, Naiara preside a instituição no município realizando uma força tarefa para dar conta da alta demanda de trabalho. Presença feminina marcante, Naiara antes trabalhou em presídios de cidades como Charqueadas, Osório, Porto Alegre, até decidir retornar a sua terra natal em 2021.

Participaram também da sessão solene o prefeito João Luiz Vargas e os vereadores Zilca Camargo, Renato Rosso, Tavinho Gazen, Gilvane Moreira, Paulo Nunes, Marcelo Santos e Humberto Stoduto.

Texto- Matheus Barreto Assessoria de Comunicação da Câmara de Vereadores.

Fotos- Luis Garcia.