O momento da morte: Nilton Moreira

0
281

O momento da morte causa dor física? A realidade depois da morte é igual para todos? Vamos ver Deus após o passamento? A separação da alma do corpo é dolorosa? São perguntas que muitos se fazem!

Muitos que conversamos dizem ter medo da morte. Será medo da morte mesmo ou medo de deixar este mundo físico? Deixar os bens que acumularam e que será dissolvido pelos herdeiros!

A dor após o passamento é de natureza moral e não física, pois vamos nos deparar com nossa própria consciência e avaliar o que fizemos de certo e errado. Ninguém vai nos questionar. Será nosso íntimo que vai nos acusar ou absolver.

A realidade depois do momento derradeiro não é igual para todos, pois cada um é uma individualidade e levará daqui a sua respectiva bagagem e terá méritos relevantes não aquele que não cometeu o mal, mas sim aquele que se empenhou em praticar todo bem possível.

Ninguém verá o Criador quando tiver passado para o plano espiritual, nem Jesus veremos pessoalmente, pois ainda falta muita evolução para atingirmos camadas mais puras do universo.

Segundo os Espíritos Elevados disseram a Kardec, a separação da alma do corpo não é dolorida, pois que os laços se desatam. Não se rompem. O passamento é suave e o espírito sente-se livre.

Não devemos ter dúvidas da imortalidade, pois temos várias comprovações de que não morremos, demonstrado inclusive por várias crenças, como por exemplo quando homenageamos alguém que se foi com nome de rua, estátua, reuniões religiosas, certamente estamos nos reportando a alguém que vive num outro Plano! Quem acende velas acende para quem vive, pois do contrário não teria necessidade de iluminar caminhos de quem está morto, da mesma maneira quando fazemos oferendas, que nada mais é do que presentear, só pode receber a saudação quem vive! Dizem: “está no sono eterno”, então não está morto e sim dormindo! Para quem acredita em juízo final só pode participar do juízo quem estiver vivo! E para aqueles que creem no céu ou inferno, só pode estar ou ir para lá quem continua vivendo!

Jesus nos deixa claro que a vida continua quando disse a quem estava também no madeiro a seu lado: “hoje mesmo estarás comigo no paraíso” Então reflitamos sobre o passamento amigos.