POR ENTRE O VÃO DAS ORELHAS” vence o 11º Candeeiro da Canção Nativa

0
957

Os vencedores do 11º Candeeiro da Canção Nativa de Restinga Sêca foram conhecidos na noite de sábado para domingo, 06 e 08 de abril. Mais de 500 composições inscritas para a triagem, onde 16 foram classificadas para subirem ao Palco do Festival, destas, 12 passaram para a grande final. As apresentações aconteceram no palco do Ginásio do Centro de Eventos de Restinga Sêca entre sexta e sábado.

A grande vencedora do festival foi a música “Por entre o vão das orelhas”, um Chamamé representando a cidade de Dom Pedrito, interpretada por Cícero Fontoura e Igor Tadielo, letra de Getúlio Santana Silva e melodia de Cícero Fontoura. Já a música mais popular foi “À meia-luz do candeeiro”, uma Vaneira das cidades de Cachoeira do Sul e Santana do Livramento, com letra de Carlos Eduardo Nunes e melodia de Juliano Moreno, com a Interpretação de Gabriel Jardim e Daniel Cavalheiro.

Durante o festival, o público também prestigiou apresentações dos shows de Anelise Severo e Elton Saldanha na primeira noite, e Nilton Ferreira e Grupo no show de encerramento do Festival. A comissão de jurados foi composta por Daniel Morales, Rogério Villagran, Nelcy Vargas, Daniel Busch e Jone André.

O Festival, foi promovido pela Prefeitura Municipal de Restinga Sêca, em parceria com a Associação Restinguense de Preservação Cultural, além do apoio da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Turismo, Cultura, Desporto e Lazer e também com produção cultural da Jesproart – Produções Artísticas. As empresas apoiadoras foram Cotrisel e Celetro, com o financiamento Pró Cultura, através do Governo do Estado e Secretaria da Cultura do Rio Grande do Sul.

CONFIRA AS GRANDES VENCEDORAS 

• Primeiro Lugar: POR ENTRE O VÃO DAS ORELHAS

Chamame

Letra: Getúlio Santana Silva

Melodia: Cícero Fontoura

Interpretação: Cícero Fontoura e Igor Tadielo

• Segundo Lugar: ESPELHO MOÇO

Milonga

Letra: Gujo Teixeira

Melodia: Evandro Zamberlan

Interpretação: Chico Paim

• Terceiro Lugar: O GURI DO POSTO

Milonga

Letra: Hermes Lopes/Sebastião Teixeira Correia

Melodia: Juliano Moreno

Interpretação: Gabriel Jardim

• Melhor Intérprete: IGOR TADIELO

Música: No Silêncio dos Retratos

• Melhor Instrumentista: EVANDRO PIRES

Música: Por Entre o Vão das Orelhas

Instrumento: Acordeon

• Melhor Letra: POR ENTRE O VÃO DAS ORELHAS

Autor: Getúlio Santana Silva

• Melhor Melodia: ESPELHO MOÇO

Autor: Evandro Zamberlan

• Revelação: GABRIEL JARDIM

Música: O Guri do Posto

• Mais Popular: À MEIA-LUZ DO CANDEEIRO

Vaneira

Letra: Carlos Eduardo Nunes

Melodia: Juliano Moreno

Interpretação: Gabriel Jardim e Daniel Cavalheiro

Fotos- Anderson Vargas/ Jesproar