Prefeitura de São Sepé concentra trabalhos na área urbana

0
400

A Secretaria da Infraestrutura deu início nesta terça-feira, 26, em um trabalho de desobstrução do sistema de microdrenagem urbana e desassoreamento dos córregos da cidade.

O objetivo do serviço é mitigar alagamentos que vem afetando a cidade nos últimos anos. A área urbana foi definida conforme mapa de cotas de cheias e locais potencialmente alagáveis.

No último 19 de setembro de 2023, através do Decreto Municipal nº 4.413, a Prefeitura de São Sepé declarou situação de emergência nas áreas do município afetadas por chuvas intensas (COBRADE .3.2.1.4.). Com isso, consideraram-se os temporais e chuvas intensas que atingiram a região, numa média de 400 mm de chuvas, principalmente entre os dias 11 a 15 de setembro de 2023.

Conforme o prefeito João Luiz Vargas, os alagamentos acabaram demonstrando a carência do sistema de microdrenagem da cidade. “Devido às chuvas, ocorreram muitos danos materiais e prejuízos econômicos e sociais que foram mitigados pela ação da Defesa Civil do município. Na área urbana, o sistema de microdrenagem urbana ficou sobrecarregado e mostrou-se insuficiente, principalmente pela quantidade de resíduos acumulados nas ruas, como galhos e lixo”, informou.

De acordo com o servidor da Secretaria da Infraestrutura, Cassiano Teixeira, “a drenagem é o termo empregado na designação das instalações destinadas a escoar o excesso de água, seja em ruas, na zona rural ou na malha urbana, para evitar danos e propiciar o conforto e o bem-estar da população.

O trabalho pretende regularizar a drenagem urbana para funcionar como um sistema preventivo contra inundações e alagamentos”, revelou.

Dados da Prefeitura indicam que somente nos últimos três meses, cerca de 130 mil reais foram utilizados com limpeza de pátios e residências que foram invadidos por águas das ruas, pela precariedade do sistema de microdrenagem.

Com a desobstrução, estima-se que o sistema de bueiros e canalizações já existentes possam ser recuperados em, no mínimo, 60% da sua capacidade de drenagem original, evitando esse tipo de gasto com recuperação de prejuízos causados pelas chuvas.

“São manutenções corretivas e preventivas, para evitar que os eventos climáticos previstos para este verão gerem mais problemas para os sepeenses”, concluiu João Luiz.

A empresa responsável pela obra alerta os motoristas e pede que tenham cuidado com as sinalizações que estão sendo utilizados para delimitar as áreas onde o serviço está sendo feito.

Informações: Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal. Por Camila Fogliarini.