São Sepé quer investir em programas de inovação

0
115

 

Na terça-feira, 17, o Prefeito João Luiz Vargas e o Diretor do Escritório de Desenvolvimento Leandro Gonçalves, estiveram na Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia, em Porto Alegre, para conhecer o programa Inova RS. Em reunião com a diretora do Departamento de Gestão da Inovação, Paola Rucker Schaeffer e com o Diretor do Programa Inova, Diego Silva, foram apresentados diretrizes e metas do programa.

 

Com o objetivo de incluir o Rio Grande do Sul no mapa global da inovação, o programa Inova RS vem sendo consolidado em oito ecossistemas regionais de inovação do Estado – São Sepé integra o sistema da região Central -, a partir da atuação interconectada da sociedade civil organizada e dos setores empresarial, acadêmico e governamental. As ações em andamento nas macrorregiões visam a articulação e construção de projetos voltados ao desenvolvimento econômico e social do Estado, com base na definição de prioridades e oportunidades locais, valorizando os ativos e potenciais regionais.

 

O desenvolvimento do programa tem como foco estimular o investimento em inovação tecnológica para potencializar o crescimento do Estado e torná-lo capaz de gerar, reter e atrair empreendedores, negócios e investimentos intensivos em conhecimento. A metodologia para construção do Programa Inova RS, desenvolvida pela Sict, contempla oito passos e, com o apoio do núcleo Inova, vem sendo implementada nos ecossistemas regionais de inovação. Conforme o prefeito João Luiz, São Sepé começou no ano passado a buscar arranjos produtivos para incluir empresas locais no programa. “Estamos ainda na primeira fase, que é despertar a vocação do nosso projeto, definindo qual área deve receber investimentos do Estado para fomentar soluções inovadoras e agregar valor aos produtos e empresas locais”, revelou.

 

Para a diretora Paola Schaeffer, o Rio Grande do Sul tem grande potencial, e o objetivo da Secretaria em 2023 é ampliar a relação entre as políticas públicas e os municípios. “Teremos novos editais para acessar recursos de fomento aos ecossistemas de inovação, e as regiões devem estar preparadas para apresentarem projetos capazes de melhorar a realidade local e, ao mesmo tempo, interagir com atores externos, universidades e empreendimentos privados”, revelou.

 

A inovação será um dos focos do Escritório de Desenvolvimento, em 2023, segundo o diretor Leandro Gonçalves. “Todo o esforço da Prefeitura está em agregar valor aos produtos locais, gerar emprego, melhorar a competitividade. Queremos que jovens de São Sepé fiquem em São Sepé, mas, para isso, precisamos gerar oportunidades. Essa é a pauta que o prefeito João Luiz definiu para ações a médio e longo prazo”, concluiu.

 

A expectativa é que o edital para apresentação de projetos aconteça em agosto e, até lá, a Prefeitura vai aprofundar estudos técnicos e definir qual arranjo produtivo local tem viabilidade de acessar os recursos do programa.