Sepeense mobiliza povo de Roraima para ajudar os Gaúchos

0
241

O Rio Grande do Sul vem sofrendo com as chuvas e todo o Brasil está mobilizado em uma corrente de solidariedade em apoio ao povo gaúcho.

Em todos os cantos do País e até Exterior, encontramos filhos de São Sepé ajudando de alguma forma para que o Rio Grande do Sul receba ajuda.

No norte do Brasil, em Boa Vista Roraima, o sepeense, Luiz Carlos Rosso e sua esposa,Naira,  lideram uma corrente do bem para arrecadações de donativos.

Luiz Carlos, conhecido por ” Babá” é um desses sepeenses que mesmo longe de casa, tenta ajudar.

Babá, como é conhecido, é filho de Clarindo e Marieta Rosso. Foi funcionário da Prefeitura Municipal de São Sepé e há mais de 20 anos mora em Roraima onde exerce a profissão de policial civil.

Luiz Carlos disse que o povo Roraimense abraçou a causa para ajudar o Rio Grande do Sul e que as doações não param de chegar no CTG da cidade, local escolhido para a corrente de solidariedade

”Aqui em Roraima tem muita gente mobilizada também e ajudando nosso povo gaúcho!

Minha esposa é diretora do SEPRAT, órgão do Detran, Setor de provas praticas e teóricas.

Eles estão mobilizados e diariamente fazendo campanha e indo buscar doações.

Existe uma grande solidariedade e todos do setor que ela chefia estão fazendo isso e convocando os demais órgãos a entrar na campanha.

Para nos gaúchos que estamos longe da nossa terra, isso é muito gratificante.

0 povo Roraimense abracou a causa também e muita gente aqui fazendo doações. Há 20 anos que estou aqui e não vi tanta gente mobilizada e triste pelo que aconteceu no RS.

Não sou só eu, tem muitos gaúchos e Roraimenses envolvidos na causa e muitas pessoas de outros estados que aqui residem e que estão fazendo doações.

O CTG Nova Querência aqui de Boa Vista está dando um baile no quesito organização para receber os donativos que chegam de vários cantos do Estado.

Chega ajuda de outras tantas pessoas que nem sabemos. A mobilização é de escolas, órgãos públicos em nível municipal, estadual e federal, até venezuelanos que aqui residem estão ajudando.

Essas pessoas estão doando coisas que fazem falta até para eles, mas entendem o que o RS e seu povo esta passando. Isso foi fantástico para mim.

Todos que encontro me perguntam pela minha cidade e lamentam pelo ocorrido. Força aos nossos valorosos gaúchos” desejou Luiz Carlos Rosso.

Sepeense Luiz Carlos Rosso. Distante 5, 105 km de São Sepé.