Temporal atinge 123 municípios e deixa cinco feridos no Rio Grande do Sul

0
937

O temporal que atingiu o Estado entre a noite de quarta-feira (20/3) e a madrugada desta quinta-feira (21/3) afetou 123 municípios e deixou cinco pessoas feridas, segundo levantamento da Defesa Civil Estadual.

Chuvas fortes e vendavais provocaram quedas de árvores e de postes de energia, destelhamentos, alagamentos e bloqueios em estradas. Conforme relato dos órgãos de Defesa Civil dos municípios, há 16 desabrigados e oito desalojados.

Os feridos são moradores de Santa Maria (2), Taquara (2) e Cerrito (1). Os maiores danos foram registrados em 18 municípios: André da Rocha, Arroio Grande, Bagé, Barão do Cotegipe, Cacequi, Cruz Alta, Chuí, Engenho Velho, Frederico Westphalen, Getúlio Vargas, Gravataí, Lajeado, Rio Pardo, Santa Cruz do Sul, Santana do Livramento, Santo Antônio da Patrulha, São Pedro do Sul e Taquara.

Problemas no fornecimento de energia elétrica atingiram pelo menos 45 municípios. Também houve alagamentos pontuais em diversas cidades, mas sem grandes estragos.

A Defesa Civil lembra que os números são dinâmicos e podem apresentar variações.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os ventos chegaram a 142 km/h em Soledade e a 140 km/h em Cruz Alta. Em Porto Alegre, aconteceram rajadas de até 90 km/h. Jaguarão registrou os maiores acumulados de chuva, com 131,2 mm.

No Km 4 da ERS-734, em Rio Grande, há um bloqueio parcial em razão da queda de dois postes e da fiação elétrica de uma residência.

No momento, essa é a única rodovia estadual bloqueada em razão do evento adverso. Os outros seis pontos de bloqueio em rodovias estaduais foram causados por outros episódios, ocorridos em novembro e dezembro de 2023.

Na quarta-feira (20/3), a Defesa Civil emitiu alertas, avisando sobre a chegada de chuvas e ventos intensos em todo o Estado. O governador Eduardo Leite divulgou um vídeo alertando a população para as instabilidades e pedindo que as pessoas se mantivessem em segurança.

A fim de acompanhar o restabelecimento dos serviços de água, luz e internet, o governo do Estado, por meio da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema), passou a divulgar em seu portal um balanço do trabalho das concessionárias.

O objetivo é acompanhar o andamento dos consertos, para que o fornecimento seja retomado o mais rapidamente possível. Os boletins serão publicados até a normalização dos serviços.

Texto: Juliana Dias/Secom- Edição: Secom.

Fotos Divulgação e Redes Sociais.

Vento atingiu estrutura no Baixo Grande na Granja das Moitas, interior de São Sepé.

Estragos em São Gabriel