Usufruir das tecnologias em prol da experiência do consumidor é o principal desafio do varejo

0
128

Usufruir das novas tecnologias, em suas constantes transformações, para priorizar a experiência do consumidor é o desafio e, também, a principal oportunidade do varejo atualmente.

A temática norteou as falas de empresários e especialistas convidados para o Varejo 360, evento promovido pela Fecomércio-RS, nesta terça-feira, 26 de setembro, na sede da entidade em Porto Alegre. Mais de 450 empresários, de diferentes partes do Estado, estiveram presentes para aprender e se inspirar em talks e palestras.

Um dos convidados, o presidente do Conselho de Administração das Lojas Renner, José Galló, atribuiu como “brutal” o cenário de transformações tecnológicas em função de sua rapidez.

“Questão de uso de dados e blockchain surgiram há poucos anos. Tem sido muito rápido e meu receio é até que ponto as pequenas empresas estão cientes de que, se não se atualizarem, elas podem sair do jogo”, falou. Para o diretor de Negócios da Melissa, Paulo Antônio Pedó, que dividiu o palco com Galló, essa busca pela inovação precisa ser integrada à cultura das empresas, atentas ao cenário atual. “A dica é fazer simples, começar pequeno, prototipar para errar pequeno e ir aprendendo com isso”, comentou o gestor que foi um dos responsáveis pelo sucesso do Clube Melissa, hoje com centenas de lojas no Brasil e no exterior.

Fundador da escola de negócios HyperXP, o economista Daniel Scott palestrou sobre a integração entre os meios físicos e digitais no varejo.

Ele exemplificou estratégias aplicáveis que vão ao encontro disso. “Não é preciso reinventar a roda. Um básico bem feito pode fazer toda a diferença”, declarou. Dentre as dicas do especialista, estiveram ferramentas que estão acessíveis a organizações de todos os portes, como aplicativos de vendas, enquetes em redes sociais que visam entender o consumidor, pesquisas de satisfação, anúncios direcionados na internet, conteúdos gerados pelos próprios consumidores e métodos como a compra online com retirada ou devolução na loja física. “Hoje, 63% das compras feitas no varejo começam no digital, mas 49% dos consumidores preferem comprar em loja física. Então, é preciso adotar ferramentas para o cliente ter uma experiência melhor no digital”, disse.

“Às vezes, um simples contato no WhatsApp pode fazer toda a diferença”, complementou Diego Flores, diretor de logística do Grupo Panvel, que também dividiu suas experiências com os presentes. Convidado a falar sobre logística e os desafios da área, em um cenário de grande exigência por rápidas entregas que foi impulsionado no pós-pandemia, o gestor falou sobre a preocupação da rede de farmácias em aproveitar as tecnologias existentes para melhorar a experiência do consumidor. Quando o cliente compra um medicamento, por exemplo, a empresa pode voltar a contatá-lo, em meio físico ou digital, para oferecer o produto novamente quando ele está por acabar. “As nossas premissas são tratar o cliente como único, gerar valor e economizar o tempo dele”, comentou.

Investidor em diversas empresas, algumas varejistas, e com milhões de seguidores nas redes sociais, o influenciador Felipe Titto também falou aos presentes sobre suas experiências e como seu sucesso foi impulsionado por saber conversar com o público nas mídias sociais. “Eu vejo que o varejo se transformou em experiência do consumidor.

As pessoas começaram a se interessar pelos propósitos das marcas, sobre o que elas fazem pelo social, qual é o lifestyle do dono. Virou muito sobre entender o que é a marca em todas as suas vertentes”, ressaltou.

O Varejo 360 foi realizado com apoio de Unimed Porto Alegre e Vinícola Aurora, patrocínio de Banrisul Consórcio e Imobi e em cooperação com o Sebrae.

“Nós pensamos nesse evento para conectar empresários e entidades do setor varejista do Rio Grande do Sul, proporcionando uma plataforma única para explorar e discutir as tendências emergentes. Acredito que tenhamos atendido esses objetivos”, comemora o presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn. Uma segunda edição já está marcada para setembro de 2024.

Por- Jéssica Mello- Moglia Comunicação Empresarial.

Fotos: João Alves.